quinta-feira, 23 de julho de 2009

Pronto, ainda não tive assim muito tempo para vir cá... de facto, já não vinha cá há algum tempo :)

Sábado, eu, a Silvana e a Cris fomos para Lisboa para o Super Bock Super Rock *-*
Não consigo arranjar palavras para descrever... aconteceu tanta coisa que tenho um turbilhão de memorias na minha cabeça e nem sei por onde começar.

Acho que posso começar por dizer que, gostei mais deste do que do Rock in Rio no ano passado :')

E, muito provavelmente, muita gente vem-me perguntar porque e não sei o que e eu digo, os concertos tiveram mais vida. O Rock in Rio e o Optimus Alive são 'festivais' para a malta de Lisboa... Vá, adaptando as palavras de muita gente no fórum da Blitz, "'festivais' para betos"... ah e tal é giro, mas não é bem vivido porque há lá muita malta que só vai para dizer que foi... e mais nada... enquanto que, este ano, o Super Bock estava cheiro de gente com uma expectativa bastante elevada para ver os The Killers... 5 anos de espera, 5 anos de musicas decoradas...

Nós não chegamos a ver nem Bettershell nem The Walkman... mas, mal chegamos, fomos logo ver se ficávamos o mais à frente possível. Ficamos mesmo à frente no lado Direito, à distância de 2 pessoas da grade.
Tinha-mos um grupo de espanhóis atrás de nós em que, um deles, para ai com uns 40 anos, não parava de gritar "BRÃAAANDDDIIIE, BRÃAAANDDDIIIE" à Brandi Carlile...
Este até foi um concerto engraçado... ela tocou bastantes covers e acabou com a musica "Hallelujah"...

Depois veio Mando Diao... nisto só posso dizer: Supera um milhão de vezes os Linkin Park...
Oh Meu Deus... que concertalhaço! A sério...! Fiquei sem voz logo nesse concerto... Acho que, cá a histerica, sempre que uma musica começava, juntamente com a Silvana dava aí uns belos berros... ahh, funny story... no meio desse concerto, um rapaz agarra-me pelos ombros e fica colado, literalmente, o concerto todo a mim... ele fazia-me lembrar alguem que eu conheço mas não vou dizer aqui quem... o mais engraçado, é que ele arrastava-me a tudo o que ele queria, para não falar dos berros nos meus ouvidos... o melhor, é que a Ana mandou-me uma mensagem a perguntar quem é que ele era porque, aparentemente, apareci na televisão um ele agarrado... o mais irónico nisto tudo é que ele apareceu na musica "Dance With Somebody", fantástico... Oh bem, isto foi só um aparte... Acho que, fui muito bem capaz de ter chorado na "God Knows"... não tenho certezas... mas, quando o concerto acabou, estava em êxtase e possas, queria mais... eu não parava de repetir "Gloooriiiaaaa" ou "I'mmm gonnnnaaaaa daaanceeee wiiithhh sooommeebodyyy, dannncee witthh sooommeeboddyyy, daaance wiitth soommebboddy, daaanceee, daaannncceeee, daaaaaaaaannnceeeeee... i'mmm fallliiinnngg iinnn loooovveee wiiitthh yooouuuuurrr faaavvvooouuuuurrriiittte soooongggg, iiiiii'mmmm gooonnnnaaaa siiiinnngggg iiiiittttt alllll niiiigggghhhhttttt loooonnggggg (....)" ou ainda a "wwwweeeeeelll iiiii tuuuurrrrnnnneeeeddddd leeeeffffttttt juuuussssttttt llliiiiiikkkkeeeee yooouuuuu toooollllddddd meeee toooo (...)"

Acho que eu ia morrendo com a Duffy... MEU DEUS! AQUELA VOZ! é de furar os timpanos!
Eu tive de me abaixar para ver se não ficava surda... todos a estavam a mandar embora pois o momento mais esperado da noite ia ser depois daquela actuação que parecia nunca mais acabar... Credo... o chão vibrava por tudo o que era lado e só se viam era gente a tapar os ouvidos... As tentativas que ela teve de falar portugues, foram hilariantes xD

Quando finalmente Duffy acabou, começamos a ver o palco a compor-se... o K de killers, palmeiras perto da bateria e o resto dos adereços todos...
E pimba! o concerto começa! Acho que nunca gritámos tanto na vida meu Deus...!
E as musicas iam passando Human, This is Your Life, Somebody Told Me, For Reasons Unknown, The World We Live In, Joy Ride (possas, esta aqui foi flipante!! para alem de eu adorar esta musica, ao vivo, é mesmo mas mesmo fantastica! inacreditavel!), Bling (confessions Of A King)... depois veio um cover de Joy Devision, Smile Like You Mean It, Losing Touch e, quando chega à Spaceman, Meu Deus, acho que o Brandon, nunca na vida, esperou algo do genero! Durante a noite toda, ele tinha repetido como é que tinha demorado 5 anos para vir a Portugal e que, nós eramos fantásticos, um queridos, o quão fenomenais nós eramos mas, no final da Spaceman, TODO o estádio gritava oh oh ohoh oh oh oooah até que chegou ao ponto em que, eles tocam a musica outra vez...! Nunca ninguem, acho, esperou isso! Todos cantavam e saltavam e, estava mesmo lá uma boa onda do caraças! Depois da Spaceman, vem a A Dustland Fairytale, que, devo de admitir... que eu estava num estado de extase que, feita parva, até choro...! E depois, para completar tudo, vem o melhor... Read My Mind..! a minha musica favorita de The Killers... pow, aí foi para mim, o ponto de quebra!
Meu Deus! Para mim, esse foi, sem sombra de duvida, o melhor momento da noite... para mim, claro...
Depois, para animar um pouquinho a onda toda, veio Mr. Brightside e, depois, para finalizar, veio a All These Things That I've Done. Quando voltaram para o palco, o Brandon só dizia "You guys are awesome"
Acabaram por tocar mais 3 musicas e, antes de cantar a When You Were Young, o Brandon vira-se e diz que, vai cantar aquela musica, com toda a força que tem, que eles vão dar o seu melhor para que aquele concerto, tenha um final em GRANDE e para nós tambem dar-mos o nosso melhor.
E, para dizer a verdade, não sei o que dizer. Não tenho palavras para descrever o final...

Só espero é que eles voltem depressa...
Um aparte de quando nos fomos embora... que, desculpem lá, tem de ficar gravado cá... xD
Depois de cenas hilariantes na bancada do estádio, decidimos que aquilo estava um tédio e estavamos prontissimas para irmos para o Bairro Alto, às 2.30 da manha, para o Jamaica.
Só que, entretanto, aqui a Catarina queixa-se que estaá com sede, atão pois claro, derramou tudo o que tinha na bancada porque a Silvana a estava a morder... e, decidiu ir lá à barraca da Super Bock tentar a sorte... O mais fantastico foi que, o rapaz que la estava, não me era estranho e, tentou vender-me 6 Super Bock sem alcool para ver se acabava com aquilo xD isto tudo a 2€... que seria o preço d'uma.... Após pedir um belo de um Ice Tea que era a unica coisa assim meio doce que por lá andava, já não sei porque, chamei a Cris e a Sih para a beira da barraca... a Silvana só ria e ria com o moço e com as suas 6 cervejas em alcool... no final, como recordação daquele belo momento, oferecemos-lhe 2 cartões Mosh que conseguimos arranjar lá na grade... ficou felicissimo e já nos queria oferecer as cervejas xD
Beem, quando finalmente abalamos para o Jamaica, à porta lá daquilo que nao sei bem se é bar ou discoteca, 2 rapazes vem ter connosco a dizer que não conseguem entrar porque 1, precisam de entrar com raparigas e 2, porque eles são Dinamarqueses...
Até podia achar piada à situação se não houvessem mais 6 a olharem pra nos a pensarem que podem entrar connosco se dermos uma tampa ali aos loirinhos que nao falam portuges xD
Aquela cena toda foi hilariante... a pouca conversa que troca-mos, deu para entender que eles estavam numa de conhecer o país e não sei que... já tinham estado no algarve, em Evora e eles agora, estavam sempre a subir. Um aparte.. quando sou apanhada desprevenida e tenho de falar ingles, da-me uma subita vontade de rir. Por favor nunca façam isso porque as pessoas ficam a achar que não batem bem... xD

Ainda um outro aparte sobre a nossa viagem para o Porto
Na estação de serviço de Coimbra, acho... a Silvana estava a falar com o Edu sobre lá o Slimmy e os X-Wife e, entretanto a minha irma pergunta onde e que era o concerto e se nao conseguiam arranjar assim ninguem que nos soubesse dizer promenores e eu disse "a Silvana tem um amigo especial na Maia, ela pergunta-lhe..." e depois, à nossa frente na fila, estava um rapaz, motoqueiro, com cerca de 20 anos, que olha pra mim e diz "Olha que a malta da Maia é fixe" e depois, vai-se embora... e uma pessoa fica sem reacção... eu acho que ele ainda nos ouviu a rir... mas opáa, a frase "a malta da Maia é fixe" vai marcar a viagem para sempre :D
Deixo aqui o video do intervalo das duas Spaceman dos The Killers para a malta entender a grandeza da coisa :D Depois, já só faltam meter as fotos *-*


3 comentários:

Ana Teresa disse...

dear, tl;dr xD

Silvana disse...

"O mais fantastico foi que, o rapaz que la estava, não me era estranho e, tentou vender-me 6 Super Bock sem alcool para ver se acabava com aquilo xD isto tudo a 2€... que seria o preço d'uma...."

wow esta parte ficou para sempreee.

e a parte da malta da MAIAAA DAMA

ja te comprei uma prenda super mega cool +-+

tenho tantas saudades tuas minha melancia em forma de barbie ahahaha
<333 AMO-TE BUEEEX

B. Zombie [Vanessa] disse...

sorte :')