segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Bem, peço desculpa pela minha ausência mas, só agora e que consegui arranjar tempo na minha agente super preenchida para vir aqui escrever. Nem tenho tido assim muito tempo para ler blogs (que tristeza)...
Bem, como eu tenho andado ultimamente com uma falta de memoria incrível, não me lembro mito bem assim do que tenho feito nos últimos dias... se bem que, desde sábado à noite, só me passa uma coisa pela cabeça: Paulo Furtado (!).
Como já tinha dito há algum tempo atrás, eu, a Silvana e a Cristiana tínhamos ido comprar bilhetes para o The Legendary Tiger Man no TEMPO (é um teatro em Portimão) e, deixem-me que vos diga que o concerto foi simplesmente extraordinário!
Desde a óptima boa disposição do artista, aos hilariantes 'problemas técnicos' que, na verdade, não eram nada de mais (apenas, como o Paulo disse "um silencio assustadoramente desconfortavel" - enquanto ele mudava de instrumento) e aos pactos que o artista criava com a plateia para acabar com esse 'silencio desconfortavel'...
A meio do concerto, o Paulo diz que, ia irritar um pouco a produção, mudando um pouco o rumo das coisas e que ia cantar uma musica que não estava na setlist... que não ia dizer qual era, mas que ia mandar uma pista: não tinha vídeo.
Numa de muitas das interacções com o publico, o Paulo começa a brincar a dizer que sabia que as cadeiras eram muito confortáveis mas que nos podíamos levantar... Claro que aqui a Catarina queria-se levantar, mas estava tudo sentado e não tinha assim muito geito, apesar de, acreditar que se me levantasse, mais gente ganharia coragem... mas, mais tarde, começou malta a levantar-se e, novamente, o Paulo começa a brincar a dizer que o corredor parecia uma aterragem de aviões e para a malta vir para a frente colar-se no palco... e claro, a Catarina, a Silvana e a Cristiana foram quase a correr. Ficamos mesmo, mesmo, meeeesmo à frente dele. A foto que tirei ali em cima, foi uma foto tirada sem zoom nenhum (atenção aos direitos de autor!).
Fiquei felicíssima quando ele cantou, principalmente, a Road 66 :D Também tocou a Life Aint Enough For You e a The boots are made for walking e a Honey, You're Too Much e a Lonesome Town [Baker Knight] e, possas, entre muitas outras!
Tambem houve uma parte no concerto, em que ele para a meio de uma musica, a dizer que, somos espectaculares por, em quase todas as musicas dele estarmos a bater palmas de acordo com a batida da musica e, 10 segundos depois, ele para a musica, e só se ouve o bater de palmas desamparado e, o riso bem amplificado graças ao microfone do Paulo. Mas tambem, uma das melhores partes do concerto, foi quando ele nos fez imitar o som do Kazoo! Épico!
Entretanto, consegui depois ficar com um papel de apoio de uma musica. Nesse papel, estava parte de uma letra que dizia assim: "I Wanna go out | Get something nice to eat | I Wanna eat you up | I don't care where, | as long as there ain't no one else around"... (eu tinha de publicar isto)
Acho que quem nunca viu um concerto de Paulo Furtado, tanto em The Legendary Tiger Man ou em Wraygunn, devia de ver sem duvida. Uma prova disso, é a Cris. Ela nunca o tinha ouvido na vida e, saiu do concerto a delirar! Diz que adora e que é simplesmente fantástico. De qualquer das formas, oiçam tanto o álbum Femina como o Masquerade ou qualquer um outro álbum!

Se já foram a algum concerto dele, digam alguma coisa! É sempre bom ouvir-se historias engraçadas dos concertos do Paulo Furtado! :D
(dos dois que já vi, há coisas memoráveis, por isso é que eu digo :D )

3 comentários:

D. Resende disse...

Por acaso estava para ir ao concerto que ele deu em Estarreja, a 24 de Outubro. O problema é que já tinha pago 30€ só para ir ao Progressive Nation (que tinha sido dia 22), por isso, tive de deixar o LTM para outro dia.

Silvana disse...

Paulo ALLÉ, PAULO ALLÉ.

ele vai andar em digressão por lisboa *-* juro-te que ainda hei de ir laá para o ver, vale mesmo a pena.
AMEI DE PAIXÃAAO <3

hayleysgoodbye disse...

ooh ele aceitou-me no facebook!!
*-*